quinta-feira, agosto 26

Stem cells

foto NYT
- conservative and religious barriers…

A suspensão [temporária?], decretada por um juiz, de projectos de investigação médica com células estaminais é um sério e pernicioso afrontamento das directivas da Administração Obama para o seu financiamento público com vista ao desenvolvimento científico nesta crucial área.
link

Para um homem [como Obama] que se apresenta como um entusiasta da inovação e movimenta-se em sintonia com os complexos parâmetros da criatividade [cientifica, política, social, etc] este embargo é um sério revés para a liderança americana na área do desenvolvimento científico e na tecnologia da produção de “novos” medicamentos.

Mais um embate entre a Ciência e o mais feroz conservadorismo social, influenciado pela dicotomia política yankee : democratas versus republicanos.
Este problema – se bem se recordam – influenciou publicamente a campanha G.W Bush e de John Kerry. Bush foi um forte e poderoso obstáculo à investigação com células estaminais, suponho que, não somente por ser um político republicano conservador, mas também por doutrinariamente ser um “criaccionista” e, subrepticiamente, por enviesadas motivações religiosas.
Bush tornou-se ao iniciar a carreira política um confesso metodista, logo, tardiamente “convertido”, e ao que parece, fundamentalista. Claro que estes condicionalismos religiosos nunca são claros e transparentes. Aparecem quase sempre mascarados de princípios éticos.

Com a eleição de Barack Obama o mundo científico norte-americano alimentou a esperança de poder contar com o apoio de fundos federais [públicos] para retomar a investigação com células estaminais. Actualmente a justiça norte-americana ao invocar uma emenda de uma lei federal de 1996 [a denominada emenda Dickey que exclui o financiamento federal de pesquisas que incluam embriões] volta a paralisar [a comprometer] esses projectos de pesquisa fundamentais, em primeiro lugar, para a área das Ciências da Vida e, a médio termo, para as suas aplicações práticas no campo terapêutico [novas terapias celulares].
Para não nos alongarmos bastará conhecer duas das organizações que se congratularam a suspensão da directiva da Administração Obama em apoio da investigação com células estaminais: Family Research Council e a Alliance Defense Fund.
A Family Research Council
é um lobby [ultra]conservador com cerca de 3 dezenas de anos de existência e que se dedica a questões sociais [aborto, homossexualidade, divórcio, etc] e a Alliance Defense Fund foi criada para defender os valores “tradicionais” familiares e combater a quase centenária American Civil Liberties Union [que, em outras questões, advoga uma maior separação entre a Igreja e o Estado].

Complicado e sinuoso o contexto político-religioso, e as subsidiárias barreiras jurídico-legais, com que a investigação científica se defronta, num País que aspira a liderar o Mundo [global]…

A suspensão por ordem judicial do financiamento dos projectos de investigação médica com células estaminais será um novo Vietnam [ou Afeganistão] para os americanos [na áreas do Saber, da investigação científica e da inovação medicamentosa]!

Stem Cell Ruling Will Be Appealed
link
U.S. Judge Rules Against Obama’s Stem Cell Policy
link

E-Pá!

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger AM said...

Um post fantástico escrito com uma clarividência extraordinária.

E sem comentários.

O que o É-pá discute aqui é muito, muito mais importante que as discussões médias e as modas (e, no final, apenas medianas) vistas ultimamente por aqui.

11:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home